sábado, 14 de janeiro de 2012

... a poesia



 

... a poesia

Do trivial, teima e espia,
pena volátil
sublima às arestas do caminho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário