domingo, 1 de março de 2009

fado (opus 2)





fado

o eco perdido no peito
desenha notas chorosas
das saudades que nunca senti




*Lendo “Elogios à saudade” de Carlos Vilarinho in “Sentimentos Indecifráveis”

Nenhum comentário:

Postar um comentário