quinta-feira, 27 de novembro de 2008

As borboletas de Raquel




As borboletas de Raquel

São fadas serelepes
em nuvens multicores
de mãos dadas com o vento
alçam e rodopiam em corte.

E as flores ditosas em plateia
aplaudem encantadas
o faceiro e buliçoso baile:
A valsa das meninas aladas.



* Inspirado em “Panapaná” de Raquel Naveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário