domingo, 7 de setembro de 2008

suas palavras [v.3]



 

suas palavras [v.3]

são flechas certeiras
desferidas contra meu peito
meu grito indefinido escorre ...



Nenhum comentário:

Postar um comentário